top of page

O papel das Micro e Pequenas Empresas na economia brasileira

Você sabia que existe uma legislação específica para a proteção das pequenas e médias empresas no Brasil? É a Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, instituída em 2006 para regulamentar o tratamento diferenciado e favorecido previsto na Constituição Brasileira. Desde então, essa lei passou por algumas modificações, mas seu objetivo principal permanece o mesmo: contribuir para o desenvolvimento e a competitividade das micro e pequenas empresas (MPEs) brasileiras.


Agora, entenderemos a importância das MPEs na economia brasileira, como elas se diferenciam no mercado e como a Lei Geral das MPEs as protege e promove. Além disso, discutiremos os critérios que definem microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEIs), conforme estabelecidos pela legislação.


Mulher em seu comércio segurando uma cesta de trança e enquanto sorri satisfeita

A importância das Micro e Pequenas Empresas


As MPEs desempenham um papel necessário na economia brasileira e contribuem de várias maneiras para o desenvolvimento do país:


Geração de empregos: Uma das principais contribuições das MPEs é a criação de empregos. Elas são responsáveis por empregar uma parcela significativa da força de trabalho brasileira, ajudando a reduzir o desemprego e a promover a inclusão social.


Estímulo à inovação: As MPEs frequentemente são mais ágeis e têm a capacidade de inovar e adaptar-se rapidamente às mudanças do mercado. Elas desenvolvem novos produtos, serviços e processos que impulsionam a criatividade e a concorrência.


Desenvolvimento regional: Muitas MPEs operam em áreas onde grandes empresas podem não estar presentes. Isso ajuda a distribuir a atividade econômica de forma mais igualitária e a desenvolver regiões menos desenvolvidas.


Cultura empresarial diferenciada: As MPEs têm a oportunidade de desenvolver culturas empresariais únicas, com valores e missões que ressoam com clientes e funcionários, criando conexões mais fortes.


Colaborações e parcerias estratégicas: Elas frequentemente estabelecem parcerias estratégicas com outras empresas, o que pode ajudar a melhorar a competitividade e o acesso a recursos adicionais.


Legislação para proteção das MPEs


A Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte é muito importante para as MPEs no Brasil. Ela oferece tratamento diferenciado e favorecido, incluindo benefícios fiscais e simplificação de processos. A lei classifica as empresas da seguinte forma:


Microempresa: São sociedades empresárias, sociedades simples, empresa individual de responsabilidade limitada e empresários devidamente registrados nos órgãos competentes que tenham receita anual igual ou inferior a R$ 360 mil.


Empresa de Pequeno Porte: Empresas que possuem receita anual superior a R$ 360 mil e igual ou inferior a R$ 4,8 milhões. Elas não perdem seu enquadramento mesmo que obtenham receitas adicionais de exportação, até o limite de R$ 4,8 milhões.


Microempreendedor Individual (MEI): São pessoas que trabalham por conta própria e se legalizam como pequenos empresários optantes pelo Simples Nacional. Um MEI pode ter um único empregado e não pode ser sócio ou titular de outra empresa. A receita anual do MEI deve ser igual ou inferior a R$ 81 mil.


As micro e pequenas empresas desempenham um papel fundamental na economia brasileira. Elas não apenas geram empregos e estimulam a inovação, mas também contribuem para o desenvolvimento regional e enriquecem a cultura empresarial do país. A Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte foi criada para proteger e promover esses empreendimentos, incentivando seu crescimento e fortalecimento.


Portanto, é fundamental reconhecer o valor das MPEs e apoiá-las, não apenas como consumidores, mas também por meio do apoio a políticas públicas que promovam um ambiente empresarial favorável. Assim, estamos investindo no crescimento econômico sustentável do Brasil e na melhoria da qualidade de vida de suas comunidades.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page