top of page

Mães no mercado de trabalho: Principais desafios e possíveis soluções

Ser mãe e trabalhar ao mesmo tempo é um desafio que exige força, organização e resiliência. As mulheres que assumem essa dupla jornada enfrentam diversas dificuldades, desde a falta de creches e pré-escolas até a discriminação no mercado de trabalho. 


Vamos explorar a seguir os principais desafios enfrentados pelas mães no mercado de trabalho, o impacto que essas dificuldades podem ter em suas vidas e algumas medidas que as empresas podem tomar para promover um ambiente mais inclusivo. 


Mulher segurando um bebê no colo enquanto fala ao telefone e mexe no computador

Dificuldades enfrentadas pelas mães no mercado de trabalho 


As mães que trabalham fora enfrentam uma série de desafios que podem dificultar sua vida profissional e pessoal. Entre os principais obstáculos, podemos destacar: 


Falta de creches e pré-escolas: A carência de vagas em creches e pré-escolas de qualidade e com horários compatíveis com a jornada de trabalho das mães é um dos principais problemas que elas enfrentam. 


Falta de apoio das empresas: Muitas empresas ainda não oferecem políticas de apoio à maternidade, como licenças-maternidade estendidas, horários flexíveis, creches internas ou subsídios para cuidados com os filhos. 


Discriminação no mercado de trabalho: As mães podem enfrentar discriminação no processo de seleção, promoção ou aumento de salário, devido à crença de que sua produtividade será menor por causa das responsabilidades familiares. 

 

Dupla jornada de trabalho: Conciliar as responsabilidades profissionais com a maternidade gera um grande desgaste para as mães, que muitas vezes se sentem culpadas por não poderem dedicar mais tempo aos filhos. 


Falta de rede de apoio: A falta de uma rede de apoio familiar ou de amigos que possam ajudar com os cuidados com os filhos também pode dificultar a vida das mães que trabalham. 


O que as empresas podem fazer para ser mais inclusivas com mães 


As empresas podem desempenhar um papel fundamental na equidade de gênero no mercado de trabalho, criando um ambiente mais inclusivo para as mães. Algumas medidas que podem ser tomadas pelas empresas incluem: 


Oferecer licenças-maternidade estendidas: As empresas podem oferecer licenças-maternidade mais longas do que o mínimo legal, permitindo que as mães tenham mais tempo para se recuperar e se adaptar à nova rotina com o bebê. 


Implementar horários flexíveis: Permitir que as mães trabalhem em horários flexíveis, como jornadas reduzidas ou home office, para que possam conciliar melhor suas responsabilidades. 


Criar creches internas ou oferecer subsídios para educação dos filhos: Oferecer creches internas ou subsídios para que as mães possam pagar por creches particulares. Isso permite que as mães fiquem mais tranquilas com a segurança e bem-estar dos filhos durante o horário de trabalho, aumentando sua produtividade e foco. 


Promover uma cultura de apoio à maternidade: As empresas podem criar uma cultura de apoio à maternidade, conscientizando os funcionários sobre as dificuldades enfrentadas pelas mães e promovendo a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres. Isso pode ser feito por meio de campanhas de conscientização, workshops e palestras. 


Incentivar a paternidade ativa: Além de apoiar a maternidade, as empresas também podem incentivar a paternidade ativa. Isso pode ser feito por meio de licenças-paternidade estendidas, programas de compartilhamento de licença parental e campanhas de conscientização sobre a importância da participação ativa dos pais na criação dos filhos. 


A participação das mulheres no mercado de trabalho é fundamental para o desenvolvimento da sociedade como um todo. As empresas que investem na inclusão das mães não apenas contribuem para a construção de um ambiente de trabalho mais justo, mas também aumentam sua produtividade e competitividade. É importante que as empresas reconheçam o valor das mães como profissionais e tomem medidas para criar um ambiente de trabalho que as apoie e as valorize.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page