top of page

Saúde mental no trabalho: por que ela é tão importante?

O mercado de trabalho fica mais competitivo e desafiador a cada dia, exigindo de empresas e colaboradores muitos esforços para manter o equilíbrio e a saúde mental em meio a tanta pressão e às inúmeras tarefas que realizamos diariamente.


E essa difícil tarefa de manter a saúde mental em dia não é apenas do colaborador, mas também da empresa. Isso porque é fundamental criar um ambiente de trabalho saudável, onde a equipe se sinta confortável e ouvida para se expressar e lidar com as tribulações cotidianas.


Saúde mental no trabalho. Por que ela é tão importante?

Como criar um ambiente de trabalho saudável?


O primeiro passo para tornar a sua empresa um ambiente saudável para os seus colaboradores é estar disposto a ouvi-los, pois é assim que você vai saber se está tudo bem ou não com o ambiente de trabalho. Cuidando da saúde mental das pessoas que trabalham em sua organização, você garante uma equipe mais focada, motivada e eficiente. Afinal, profissionais esgotados mentalmente não conseguem fazer boas entregas.


Não existe uma receita para o ambiente de trabalho perfeito, mas trouxemos alguns pontos que são essenciais na hora de perceber se está tudo bem com o ambiente na sua empresa. Para um ambiente saudável, uma empresa precisa de:

  • diversidade;

  • produtividade;

  • aceitação;

  • colaboração;

  • comprometimento;

  • motivação;

  • pessoas engajadas;

  • níveis hierárquicos em segundo plano.

Mas isso não vem do nada! É preciso trabalhar alguns pontos para promover o tão sonhado ambiente saudável. Primeiramente, vamos falar de duas coisas que fazem toda a diferença na hora de pensar um ambiente saudável: A cultura organizacional e clima organizacional.

  • Cultura organizacional – são boas práticas, ações e comportamentos que regem a rotina de uma empresa.

  • Clima organizacional – é um reflexo das atitudes e comportamentos praticados na empresa (o esperado é que sejam orientados pela cultura).


Esses dois requisitos são importantes porque um ambiente de trabalho saudável é justamente o resultado de cultura e clima organizacional funcionais. Por isso, os passos a seguir podem te ajudar na busca por esse ambiente e, consequentemente, estão ligados à promoção da saúde mental entre os colaboradores.

Criar um protocolo para lidar com saúde mental

Aceitando e compreendendo que ocasionalmente os trabalhadores de uma organização podem sofrer de adoecimento mental, é preciso estar pronto para ampará-los. Nesse sentido, você pode contar com psicólogos orientados para trabalhar com psicologia do trabalho e psicologia organizacional junto aos colaboradores.


É muito importante que a empresa tenha um protocolo com o que deve ser feito caso um colaborador adoeça mentalmente. Assim, a organização estará preparada para lidar com afastamentos, por exemplo. E, além disso, poderá oferecer suporte ao colaborador, tranquilizando-o e auxiliando-o em todo o processo. Quando existe um protocolo claro para esse tipo de ocorrência, o colaborador é orientado por um psicólogo ou pelo setor de Recursos Humanos, dessa forma ele pode ser tranquilizado, sabendo que ficará tudo bem.

Incentivar a busca por ajuda profissional

Depois de ouvir sua equipe e entender os problemas que afetam o quadro de colaboradores, você pode perceber também como esses problemas impactam na rotina de trabalho. A partir daí, é possível pensar em estratégias em prol do seu time.


Então, a depender de cada caso, é possível pensar em intervenções terapêuticas como yoga, meditação, atendimento psicológico em grupo ou individual e outras atividades que possam diminuir o estresse no trabalho. Entretanto, é essencial também ressaltar que essas intervenções devem funcionar como programas constantes e não sazonais. Ou seja, não basta fazer uma palestra sobre saúde mental, é preciso que haja uma continuidade dessa ação.

Esteja sempre aberto a feedbacks

O feedback é uma ferramenta poderosa para medir o nível de satisfação de seus colaboradores e assim, diagnosticar e formular planos para a resolução de problemas. Já mencionamos o quanto é importante estar disposto a ouvir as pessoas da sua equipe, mas também devemos mencionar o indispensável papel da liderança em passar feedbacks construtivos aos seus liderados.


Por isso, não deixe de orientar seus colaboradores, mas faça isso com empatia e de forma reservada, evitando conflitos e desconforto.

Promova boas relações entre as pessoas

O contexto social também é fundamental para um ambiente com pessoas mentalmente saudáveis. Afinal, bons relacionamentos com os colegas deixam o ambiente mais leve, além de motivar as pessoas, gerando resultados mais positivos na qualidade dos processos, produtos e serviços.


Isso porque a saúde mental depende do vínculo emocional construído pelas pessoas. Portanto, estimule a convivência entre as pessoas, por meio de confraternizações, dinâmicas e aproveite até as pausas para o café para deixar o clima mais informal e favorável para construir amizades.

Ofereça benefícios

Além do que já mencionamos aqui, outro fator que está ligado à saúde mental é a oferta de benefícios por parte da empresa. Isso porque benefícios de saúde e alimentação, por exemplo, interferem diretamente na qualidade de vida dos colaboradores e, consequentemente, na saúde mental.


Para além disso, oferecer benefícios diferenciados aos colaboradores proporciona o sentimento de pertencimento e aumenta o nível de satisfação da equipe, o que gera felicidade e também impacta positivamente na saúde mental.


Indo ainda mais além, a flexibilidade dos benefícios é um bônus que tem feito cada vez mais diferença para os colaboradores, pois humaniza a relação entre a empresa e o colaborador, uma vez que o deixa livre para utilizar os benefícios de acordo com suas necessidades e preferências.


Além do conteúdo deste texto, nós podemos te ajudar especialmente no último tópico, com benefícios diferenciados que são tudo que seu colaborador deseja!



18 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page